7 de out de 2008

Simplesmente perdemos...

Simplesmente perdemos...
EMP

É... Há momentos na vida que simplesmente perdemos...
Perdemos para nossas prioridades...
Perdemos para nossas futilidades...
Perdemos para nossas covardias...
Perdemos para nossos caprichos...
Perdemos para nossas vontades...
Perdemos para nossas vaidades...
Perdemos para nossas loucuras...
Perdemos para nossos crenças...
Perdemos para nossos anseios...
Perdemos para nossos desejos...
Perdemos para nossos medos...

É... Há momentos na vida que simplesmente perdemos...
Perdemos o bom senso...
Perdemos o caminho...
Perdemos o coração...
Perdemos o caráter...
Perdemos o poder...
Perdemos o amor...
Perdemos o sentir...
Perdemos o olhar...
Perdemos o valor...
Perdemos o chão...
Perdemos o ser...

É... Há momentos na vida que simplesmente perdemos...
Perdemos sensibilidade...
Perdemos humanidade...
Perdemos simplicidade...
Perdemos honestidade...
Perdemos mobilidade...
Perdemos velocidade...
Perdemos momentos...
Perdemos coragem...
Perdemos vontade...
Perdemos pessoas...
Perdemos carinho...
Perdemos fé...


É... Há momentos na vida que simplesmente perdemos...

E enquanto não acharmos a nós mesmos...

Simplesmente perdemos.

29 de set de 2008

A cada dia descubro que existem músicas que sintetizam tantos momentos na vida....

Richie Kotzen - You Can't Save

I sold my soul just so I could feel paid
I broke my heart so I couldn't feel pain
I lost my faith 'coz I can't justify the wait
I've got no hope that's only for losers and fakes

I'm nothing but user and none abuser
You don't wanna know what's on my mind
I know I'm just a fool but I'm not foolin',
I'm not afraid of make fool out of my self

Fuck your money, fuck your fame
Fuck my life, I'll walk away
Fuck our love
Fuck I'm sorry for anything I've ever done

You can’t save me
You better keep yourself to someone else
Fading, I’m just fallin' into my condition
Faded, you better put your time in somethin’ else
Save me, but don’t worry about it now
Better save your-fucking-self

I lost my mind just so I could escape
I still got time but I know, is too late
I still got friends to tell me I'm ok
I still alive but I keep on testing fate

I'm nothing but user and none abuser
You don't wanna know what's on my mind
I'm nothing but a fool but I'm not foolin'
I'm not afraid of make fool out of my self

Fuck your money, fuck your fame
Fuck my life I'll walk away
Fuck our love fuck I'm sorry for anything i've ever done

You can't save me
You better keep your self to someone else
Faded
I'm just fallin' into my condition
Failed, you better put you time in something else
Save me, but don't worry about it now, you better save
your-fucking-self

Try just a little, understand what I'm telling you
I'm not what you think
Start it off, Do the right thing
Life got in the way
You don't know what to say
I'm not asking why

You can’t save me
You better give yourself to someone else
Fading, I’m just fallin’ into my condition
Faded, you better put your time in somethin’ else
Save me, but don’t worry about it now
Better save your fuckin’ self

10 de ago de 2008

A Última Aula

Não sei se todos conhecem Randy Pausch... Mas assisti a ao vídeo da última aula dele e... me ensinou muito. Muita das coisas são aquelas que estamos acostumados a sentir quando vemos um exemplo de vida assim: que perdemos tempo de mais eu coisas de menos.
Mas uma das coisas que me chamou a atenção foi uma das primeiras coisas que ele disse: "Se as pessoas param de te criticar ou reclamar quando você faz algo errado, é por que elas desistiram de você." Poxa... Nunca tinha pensado nisso. Muitas vezes agente fica "mordido" quando as pessoas falam ou criticam algo que fizemos de não tão bom mas até nisso a um lado bom: sinal que elas esperam e aguardam que você melhore. Muitas vezes essas "outras pessoas" podem ser "nossa consciência", nosso "eu".
Bom, não vou ficar analisando nem colocando minhas opiniões e idéias sobre isso. Mas queria deixar isso aqui, pra se algum dia alguém ler isso poder refletir sobre..
Abraços!

30 de jul de 2008

Surpresas...

Hoje to aqui pra falar como é engrandecedor você saber o que uma frase/letra/texto que você tenha escrito é entendida por outra pessoa. Falo disso em relação às minhas músicas, composições que tento fazer de alguma forma. Bom, por muito tempo tenho a impressão que minhas letras em muitos casos soam demasiadamente pessoais e que é difícil alguém se identificar de verdade com elas.
Pois bem hoje alguém me mostrou uma interpretção e uma música minha (Caminho Certo) que jamais passou pela minha cabeça. A letra diz: "Não quero você de volta, não quero você de novo. Só quero você por perto me mostrando o caminho certo." E essa frase remeteu a um ente próximo que a pessoa havia acabado de perder.
Poxa, é interessantíssimo ver que como as mesmas palavras simplesmente com uma mudança de "clima", de época, de estado de espírito podem ter significados tão diferentes...